Olá dúvida sobre o preenchimento dos blocos e sua sequência

Olá a todos. Uma dúvida de iniciante. A cada 12 min um bloco é criado e inserido na rede btc e depois mais 12 min e por assim vai. O preenchimento destes blocos são feitos por onden de crianção do bloco ? Tipo o bloco q foi criado agora tem prioridade de ser preenchido com informações e não o bloco criado depois dele?

1 curtida

Olá Pauloj, seja bem vindo!

Tentarei responder com base no que eu entendi da sua dúvida. Estamos aqui para tentar ajudar, geralmente indicando algum local (site ou vídeo) que ajudará no esclarecimento da(s) dúvida(s). Pergunte sempre que precisar. Fique atento aos sites voltados para este tipo de assunto porque podem ser “armadilhas” querendo causar prejuízos.

Se entendi direito você imagina que as transações que os usuários fazem transferindo bitcoins para outras contas tem alguma ordem ou sequência para serem processadas pela rede. Cada novo bloco criado não é necessariamente preenchido com as transações que entraram na rede em ordem sequencial, como se estivessem numa fila única. Esse processamento das novas transações que chegam na rede ficam temporariamente num local chamado de mempool, que é como se fosse uma sala de espera onde as transações ficam aguardando para serem processadas. Quem realiza esse processamento (pega a transação na sala de espera é chamado de minerador) que não é obrigado a processar as transações seguindo alguma ordem sequencial pré-estabelecida, ou seja, não existem algum tipo de distribuição de senha para ser chamado em alguma ordem sequencial.

O minerador recebe dois tipos de pagamento pelo serviço prestado.

  1. O sistema gera bitcoins como recompensa que começou pagando 50 bitcoins e atualmente paga 6,25 bitcoins sendo que esse valor de remuneração decai a cada quatro anos pela metade (50 > 25 > 12,5 > 6,25)).

  2. Ele pode escolher aquelas transações que pagam taxas mais elevadas (também chamado de fee) que é o valor cobrado por transação e que não é fixo, depende por exemplo do volume de transações na fila, quanto maior for o volume maior será a possibilidade de se pagar mais caro por cada transação. Esse é um problema que está ocorrendo no Ethereum entre outras questões por causa dos jogos que estão sendo implementados com uso desta rede e que estão gerando muitas transações.

O tempo médio entre um bloco e outro, no caso do bitcoin é de cerca de 10 minutos. Mas cada blockchain (de outras criptomoedas) tem seu próprio tempo ou espaço de tempo entre um bloco e outro.

Acredito que suas dúvidas poderão ser esclarecidas no site abaixo: O que é mempool no Bitcoin?

No site abaixo você consegue ter uma visão em formato de animação do mempool de alguns blockchains como bitcoin, ethereum, bitcoin cash, etc (tem a opção para selecionar):

Blockchain Transaction Visualizer - TxStreet.com

No site abaixo você pode explorar dados de cada bloco como quantidade de transações, tamanho, quanto rendeu de taxa para o minerador, tempo que demorou, quem minerou etc.

Bitcoin Explorer — Blockchair

A apostila sobre blockchain é para iniciantes mas tem uma pegada mais técnica:

2 curtidas

Show de bola Cecílio. Agora q encontrei vcs vou encher o saco e tirar minha dúvida kkkk. Valeu demais. Abraço e obrigado. Meu maior questionamento era inserir as informações no blocos. Como na animação q vc mandou. Imagina 10 blocos. O bloco 1 deve ser preenchido primeira pra só depois o bloco 2 começar a ser preenchido com dados ou não há esta ordem. Tanto o bloco 1 como o bloco 10 pode receber as informações q estão “na sala de espera”.

1 curtida

O processo de mineração é baseado numa competição entre os mineradores e começa após cada bloco minerado mas entre a teoria e a prática existem algumas questões. Como cada minerador “pega” as transações na fila ele pode escolher algumas transações para incluir no bloco que ele está minerado enquanto outros mineradores podem escolher outras transações, ou seja, na hora da verdade depois dos cerca de 10 minutos pode haver blocos com transações diferentes disputando o lugar na fila para se tornar o próximo bloco. Aquelas transações incluídas no bloco validado e que entra na sequência saem da fila e aquelas que estavam incluídas num bloco que não foi validado volta para a fila.
Neste processo existem algumas transações que acabam ficando “perdidas”, é outra coisa que acontece nesse processo.
Se você olhar na animação do site Tx Street no mempool do Ethereum vai ver que existem vários blocos na fila. Vc vai perceber que as transações que ficam “no ponto de ônibus” não entram todos no primeiro ônibus, alguns entram e saem dos blocos que estão na fila. No caso do Ethereum o tempo ou espaço entre um bloco e outro é bem menor, acho que não chega a 1 minuto.

3 curtidas

Outra fonte de informação para entender como os blocos são formados é o https://mempool.space/

O gráfico mostra para a direita (em tempo real) os blocos que já foram minerados, e para a esquerda a quantidade ainda necessária de blocos estimada a serem minerados para acomodar todas as transações que ainda estão pendentes.

2 curtidas