BTG - Bitcoin Gold estaria sob ataque de 51%

Circulam notícias de que o criptoativo BTG - Bitcoin Gold está sob ataque conhecido como “ataque de 51%” Para saber o que é esse tipo de ataque: https://www.binance.vision/pt/security/what-is-a-51-percent-attack. Resumindo, esse tipo de ataque acontece principalmente nos blockchains que usam o sistema PoW - Proof of Work no processo de mineração. A vulnerabilidade acontece quando um minerador passa a controlar mais de 50% do poder de processamento das transações (mineração). Isso permite ao atacante mal intencionado que ele reconstrua ou reminere blocos já minerados excluindo ou alterando transações e reinclua esse(s) bloco(s) alterados novamente na cadeia de blocos. Por força do controle baseado no poder de mineração acima de 50% ele consegue forçar a aceitação da cadeia de blocos que ele falsificou (adulterou) na rede do sistema. Quanto maior for a rede de um blockchain, teóricamente, ele estara mais protegido contra este tipo de ataque.

No dia 23/01/2020 os atacantes teriam feito transações de gasto duplo que é a possibilidade de se gastar a mesma moeda mais de uma vez (para saber o que é gasto duplo: https://pt.wikipedia.org/wiki/Gasto_Duplo) no valor de 1,9 BTG que equivale a cerca de USD 19.000 atravé da remoção de 14 blocos e inclusão de 13 blocos adulterados.

No dia 24/01/2020 15 blocos já minerados teriam sido removidos pelo minerador atacante que incluiu 16 blocos novos para substituir os que foram excluídos totalizando “fraudes” de USD 53.000.

Segundo estimativas o custo que o atacante teve para realizar esses ataques foi em torno de USD 1.700. Além do “lucro” obtido com o gasto duplo (19.000 + 53.000) o atacante possívelmente prejudicou envolvidos nas transações originais.

Fonte desta notícia:

Em 2018, esta moeda BTG já sofreu um ataque de 51% combinado com gasto duplo que teria causado perda estimada em 18 milhões de dólares.

1 Curtida

isto não faz sentido, pois o processo de POW pelo NO BITCOIN (core, o normal, o original), ele é feito com base em PROBABILIDADE.

Mesmo o cara tendo um poder maior de 50% , mesmo assim, ele só vai ter A PROBABILIDADE um pouco mais de achar blocos.

E para poder fazer um ataque ele teria que ter quase certeza de achar o próximo bloco, pois para fazer o ataque o cara vai ter que DESFAZER uma transação e como ele vai fazer isto, se não tem certeza que os próximo blocos vai ser ele que vai achar.

Pois basta verificar no próprio site por exemplo da https://www.blockchain.com/charts indo em https://www.blockchain.com/pt/pools e ver quem achou os blocos e tu vai ver que não é quem tem o poder de processamento maior.

Para mim estes ataques para serem REALMENTE funcionais, tem mais alguma coisa por trás, pois só ter o poder de hash NÃO basta, pelo próprio estilo da programação feita pelo satoshi nakamoto no bitcoin, que é o de O PODER DE HASH SÓ AUMENTA A TUA PROBABILIDADE e não certeza, como em TODOS lugares que leio sobre este ataque, dão a transparecer.

E estou afirmando isto SOMENTE do Bitcoin, pois o resto, não sei e não quero saber, pois para mim são tudo lixo.

1 Curtida

Exatamente. É um processo de probabilidade, mas quando um player tem bastante poder computacional, ele pode fazer várias coisas, incluindo o que se chama de selfish mining.

Ele minera blocos em sequência e não os publica na rede. Uma vez que você tenha uma cadeia maior que a existente na rede, ele publica a sua cadeia própria e todo mundo é forçado a segui-la por ser a mais longa.

Isto é só um exemplo, mas no mundo de PoW a regra é basicamente a mesma de segurança de qualquer outra coisa: Existe segurança enquanto o custo para fazer o ataque for maior do que o potencial de ganho do atacante.

Bitcoin (ou outra moeda PoW) é seguro enquanto minerar para frente for mais compensador financeiramente para o atacante do que tentar aplicar um golpe modificando a cadeia de blocos para trás.

Se alguém com poder financeiro suficiente pagasse todos os mineradores para reordenar a cadeia do Bitcoin, certamente isto aconteceria também. O fato é que a cada bloco que passa no Bitcoin este valor já não faria mais sentido para quem paga, pois também cresceria de forma exponencial, sendo que o valor ganho com o resultado da reordenação seria inferior ao valor gasto para reordená-la. Somente alguém com grande poder financeiro e com o único objetivo de atacar a rede teria potencial de efetuar tal ataque.

Lembrando que um ataque de 51% somente consegue remover certas transações de blocos e modificar transações de carteiras que o próprio atacante detém, porém não é possível modificar o teor das transações de outras pessoas. Ou seja: o atacante não pode fazer o que quiser, mas pode arquitetar ataques especialmente contra corretoras que creditam saldo após um certo número de confirmações na rede. Uma vez que o saldo é creditado, o atacante converte o valor para outra moeda, saca e então tenta aplicar o ataque removendo/revertendo o seu depósito original da rede de alguns blocos atrás.

Conforme o hash rate das outras moedas cai, estes ataques ficarão cada vez mais frequentes, até que o mercado as elimine por completo. Na minha opinião não faz sentido manter diversas moedas PoW semelhantes no mercado por este motivo.

2 Curtidas

Sim, já tinha ouvido falar disto, mas FOI ISTO que aconteceu no BTG ?

O cara pegou digamos o bloco

Block #618926

https://explorer.bitcoingold.org/insight/block/000000014ab359af309fb9d8b95bae2bc4104efa5767bd92cd0da38aa9f12e41

Block #619022

https://explorer.bitcoingold.org/insight/block/00000001e97c6600e04a0a29722989ab73e89dfe19909da33cbf66421ad48e9e

Blz digamos que estamos quase 100 blocos a frente, o cara que QUISER atacar um bitcoin da vida, vai ter que minerar TODOS estes quase 100 blocos DESLIGADOS da rede blz e VAI TER QUE MINERAR isto mais rapido que a rede cresça.

No bitcoin é quase impossivel, pois o nivel de processamento é ABSURDO.

Nestes lixos como BTG , bcash e todos estes outros lixos, ai acredito conseguirem, pois o poder de processamento é milhares de vezes menor que o bitcoin.

Não dá É MUITO DINHEIRO, é praticamente inviavel.

Lembrando que PARA achar TODOS estes blocos O ATACANTE, vai contar com a PROBABILIDADE , pois TODOS estes blocos que ele fosse minerar, NO BITCOIN ou btg da vida, se o btg usar o mesmo estilo do bitcoin NÃO SEI.

Mas no bitcoin é só tu olhar o explorador que postei no link, tu vê nego com 6% de chance de achar blocos, achando contra nego com 20% de chance maior.

Só ter 51% de poder a mais NÃO DÁ pra fazer este ataque pelo que vejo.

Eu não de onde tiraram que conseguem atacar o bitcoin com isto, pois NÃO É viavel, pois como é PROBABILIDADE, eu com um 486 e a configuração dos meus dados , que fiz meu hash de bloco, posso achar antes de o cara com este super computador.

Porque ?

Porque , TODOS os dados que colocamos na hora de forma o hash do bloco, que usamos para achar o mesmo, isto pode ser MAIS OU MENOS dificil, e no caso dgiamos que eu com meu 486 da vida, tenho sim chance de achar algo é probabilidade/sorte.

A mim não parece ser possivel atacar o bitcoin com este tipo de ataque, eu estou esquecendo de algo, como nego faz este tipo de ataque,alguém aqui tem dados melhores.

Pois baseado no que já li sobre e OBSERVANDO a mineração do bitcoin, nego com 1% achando bloco enquanto outros mineradores com 20% NÃO ACHAVAM, tipo 1 bloco no meio deste monte de blocos, já fudeu o ataque do atacante.

Eu estou pensando nisto faz alguns anos e EU ACHO QUE NÃO ENTENDI este ataque ainda, pois nego jura de pés juntos que tem como fazer algo assim, e eu olhando a própria mineração usual do bitcoin , vejo diferenças brutais em quem acha os blocos NO CURTO prazo.

O que vejo é que NO LONGO prazo, quem tem poder maior de mineração TEM SIM , mais blocos MINERADOS, MAS VEJAM BEM, no LONGO PRAZO, e não em sequencia em geral, tipo 10 blocos seguidos e etc é muito dificil acontecer uma sequencia.

Não lembro de ter visto, nas vezes que dei uma olhada no explorador do bitcoin, de ter visto alguém achando 10 blocos seguidos, o mesmo grupo de mineradores.

Isto olhando de 2018 até final de 2019, não lembro.

1 Curtida

Sim, redes que tem pouco hash power ficam vulneráveis.

Exatamente. Por isso é probabilidade. Quantas vezes que o cara com 6% de chance acha antes do que o com 20%? Isso é o que importa. Com um dado isolado não dá para tirar nenhuma conclusão.

O processo de mineração é basicamente ficar trocando um número e ficar fazendo hashes até encontrar um “hash mágico” que prova que vc trabalhou o suficiente. Quem faz esse processo mais rápido dentro de 10 minutos tem mais chances de ganhar. Seu 486 hipotético pode sim achar o hash na frente dos outros mineradores, mas vale mais a pena procurar uma maleta de dinheiro perdida na rua do que gastar energia fazendo isso.
Melhor usar esse 486 pra jogar Duke Nukem 3d. :smiley:

Com certeza com BTC é mais difícil acontecer. Não digo impossível porquê a gente não tem como prever o futuro. Com o hash rate que temos hoje, é pouco provável mesmo. Mas se tiver um conluio dos grandes pools de mineração… bem, aí a coisa muda bastante de figura. Claro que existem incentivos financeiros para que pools não sabotem a rede, mas … Bitcoin é terra de ninguém. Cada um por si.

2 Curtidas

Exatamente. Por isso é probabilidade. Quantas vezes que o cara com 6% de chance acha antes do que o com 20%? Isso é o que importa. Com um dado isolado não dá para tirar nenhuma conclusão.

Exatamente, mas isto só funciona NO LONGO PRAZO, é só ver no explorador https://www.blockchain.com/explorer?view=btc_blocks

É exatamente o que falei, talvez não tenha sido claro.

Que NO LONGO prazo quem tem PODER DE HASH maior tem change e SIM ACONTECE, pois temos ai os dados para verificar, ele ACHA mais blocos, mas o ataque de 51% NÃO É ISTO, e sim VOLTAR transações, e para isto o atacante precisa ACERTAR TODOS OS BLOCOS em sequencia, coisa quase impossivel, é só ver ali no explorador mesmo.

De 2017 a agora final de 2019, o que vi , olhando POR CIMA, é que dificil,mente o mesmo minerador passa de 5 blocos achados em sequencia E O MAIS importante, lembro que vi minerador que NÃO ERA O QUE TINHA mais poder de processamento no momento FAZENDO isto, de achar 3 , 5 blocos SEGUIDOS.

Eu não vejo COMO , alguém vai conseguir fazer este ataque no bitcoin.

Outra coisa, como o atacante vai conseguir juntar MAIS PODER de mineração que rede, olhe os dados da mineração do bitcoin de 2017 até final de 2019, o bagulho subiu ABSURDOS.

O atacante MESMO que fosse fazer aquele tipo de ataque de ficar ESCONDIDO, minerando um bloco até hoje e fosse largar TERIA QUERIA que ter um poder ABSURDO e absurdamente CARO de se ter, pois eu acho que somente 51% não é suficiente para o cara conseguir fazer este tipo de ataque escondido, ainda mais que a cada 2016 blocos a dificuldade se reajusta e ele também iria sofrer isto, ele teria que ter um poder ABSURDO , que não tem como, é impraticavel eu acho.

O custo não compensa atacar o bitcoin, e para mim TUDO isto foi pensado pelo satoshi nakamoto, pois QUANDO o bitcoin se tornar REALMENTE grande, mesmo que PAISES querem se unir para derrubar o bitcoin, acredito que o bitcoin vai estar tão evoluido e teremos um hashpower tão imenso, que não terão a minima chance e nem dinheiro para tal.

Pois acredito que em 30 anos no máximo bitcoin vai ser a BASE monetária do planeta.

1 Curtida

O preço do dólar não vai cair por causa das informações que eu vou postar abaixo, mas levando a questão para o quintal da BTG, cada bloco minerado tem poucas transações, várias com apenas uma transação e o algoritmo de mineração que foi implementado no hard fork mudou justamente o sistema PoW usado no BTC para outro modelo.

  1. O criptoativo BTG - Bitcoin Gold é resultado de um “hard fork” feito por iniciativa de alguns mineradores de BTC que achavam que o BTC - Bitcoin (original) esta centralizado na mão de poucos mineradores. O fork ocorreu no dia 24/10/2017 no bloco 491407 e logo no primeiro dia o site sofreu ataque do tipo DDS - Distributed Denial of Service. O hard fork implementou um novo algoritmo de mineração que foi batizado de Equihash tendo sido utilizado como base o algoritmo desenvolvido para a Zcash. Segundo os desenvolvedores esse algoritmo permite que a mineração também seja feito através de CPU ou GPU, sem depender necessáriamente das máquinas desenvolvidas e usadas especificamente para mineração do Bitcoin (Antminers). Não sei qual é a mágica mas diz que o algorítimo usa mais memória do que uma Antminers tem e no entanto roda em GPU e mesmo em CPU.

Equihash PoW
Fonte: https://bitcoingold.org/for-miners/

  1. Em termos de valor de mercado, em 02/02/2020, ocupa a posição 37 no CoinMarketCap e a posição 49 no CryptoCompare.

BTG Coin market cap 02 02 20
Fonte: https://coinmarketcap.com/pt-br/


Fonte: https://www.cryptocompare.com

  1. Olhando apenas os últimos blocos minerados, que não serve de base para análises mais efetivas, dá para notar que são processadas poucas transações, existem blocos com apenas uma transação. O bloco com a maior quantidade de transações a partir das 09:00 no dia de hoje, até este momento, foi de 56 transações.


Fonte: https://explorer.bitcoingold.org/insight/blocks


Fonte: https://explorer.bitcoingold.org/insight/blocks

Conluio de pools. Como eu falei, é improvável, mas não é impossível. O que manda no Bitcoin não é o consenso matemático. É o consenso social de rodarem o mesmo código e acordarem que aquilo é Bitcoin. O software chamado Bitcoin é só uma ferramenta. Os incentivos financeiros estão bem colocados no Bitcoin para fazer a teoria de jogos funcionar redonda (até o momento), porém não há qualquer garantia de que as coisas não mudem no futuro. Futuro é sempre especulação e fruto do caos.

Discordo. Satoshi não era nenhum profeta. Ele bolou um sistema genial e isso é inegável. Muitas coisas que tornaram o Bitcoin o que ele é hoje foram frutos de decisões tomadas ao longo do caminho até aqui. Eu sei que é piegas citar Steve Jobs, mas ele certa vez falou algo como: “É impossível conectar os pontos no futuro, somente conectar os pontos para trás”.
Não dá pra olhar para o Bitcoin hoje e dizer que Satoshi previu que seria assim. Basta olhar o histórico do bitcointalk e ver que ele precisou da ajuda de um monte de gente para fazer o Bitcoin se tornar o que é hoje. Ele com certeza pensou em muita coisa lá trás, mas não tudo.

Há não muito tempo atrás houve uma falha de inflação no Bitcoin, que foi reportada pelo pessoal do BCash. Nem todos os bugs que podem eventualmente ocorrer são de fácil conserto, e ataques ao Bitcoin não são somente oriundos de força computacional. Este de inflação poderia ser explorado por qualquer minerador que encontrasse um único bloco, e todos os outros nós da rede aceitariam o bloco como válido.

Concordo que 99% dos projetos crypto são lixo e simplesmente puras cópias do Bitcoin ou tokens inúteis para enriquecer seus emissores, mas estou vendo um número crescente de maximalistas formando uma bolha que no fim pode ser prejudicial para o próprio Bitcoin.
Bitcoin é sem dúvida meu projeto favorito, mas tem muitos outros que merecem pelo menos a atenção, nem que seja para ver e copiar possíveis melhorias para o próprio Bitcoin.

1 Curtida

sim, acho totalmente valido AVALIAR tudo, eu pelo menos não sou tão louco de achar que NINGUÉM, alem dos desenvolvedores DO BITCOIN, vão fazer algo que preste, isto é IMPOSSIVEL.

Uma idéia BOA, pode vir de QUALQUER LUGAR, vide o próprio bitcoin.

No caso ali que falei do satoshi, foi na questão de ele pensar na mineração como algo para NÃO SER POSSIVEL ser controlavel.

Pois pelo que vejo dos próprios dados que vemos por ai, pools com 20%, perdem BLOCOS PARA pools com 1% de poder de hash, é MUITA diferença.

E vejo pools de 5%, 1% de poder de hash achando as vezes 3 blocos seguidos, então é NISTO, que me baseado para dizer que é quase impossivel ou impossivel matematicamente falando, de o cara conseguir fazer um ataque de 51%.

Pois mesmo o cara conseguindo juntar digamos 99% do poder de hash, MESMO ASSIM, isto pouco importa, pois SE isto importasse tanto, no CURTO prazo, que é ONDE CONTA isto, pois a parte importante do ataque de 51% é o cara conseguir ditar os PRÓXIMOS BLOCOS E não blocos futuros, pois blocos futuros, tipo dizer que pool de mineração X tem mais blocos, blz, isto é VISIVEL, que quem tem mais blocos minerados, é quem tem mais poder de hash, mas isto SOMENTE NO LONGO PRAZO.

No curto prazo, pode olhar https://www.blockchain.com/explorer?view=btc_blocks nego com poder de hash , muito menor achando blocos.

Dai que falo, COMO nego vai forçar as transações DELE, se agora já estamos vendo que NÃO ACONTECE isto no curto prazo.

Sendo que SE o minerador ou pool de mineração TIVER SORTE, ele TALVEZ consiga minerar 3 a 5 blocos seguidos, acho que foi isto que já vi no máximo, o mesmo minerador achando, nos ultimos 2, 3 anos.

Pois para o pool poder fazer o ataque ele vai ter que ficar transferindo bitcoin TODO santo bloco, até TER SORTE, de achar um bloco 1 vez, e vai ter que ter uma sorte TREMENDA de conseguir minerar 2 blocos seguidos e etc.

Tipo isto que eu acho que o satoshi viu que aconteceria, mesmo o minerador tento vantagem no LONGO PRAZO, quando ele tem poder de hash MAIOR, pois vemos isto aqui https://www.blockchain.com/pt/pools por exemplo.

Agora no curto prazo é muito baixa a influencia desta vantagem, é quase nula até onde vejo.

Não sei se ainda estou esquecendo de algum dado ou não estou vendo algo.

Por isto insisto nisto, pois vejo muitos falando que dá pra fazer este tipo de ataque no bitcoin, e não vejo dados que mostrem que isto realmente seja possivel.

Lembrando que o ataque de 51% tem que conseguir garantir CERTEZA que o cara vai achar “TODOS” os próximos blocos e isto não é mostrado na realidade.