Bitcoin é Dinheiro?


#1

Para responder essa pergunta, devemos fazer outra mais importante/interessante: O que é Dinheiro?

Vamos pensar em um problema prático do início das nossas relações de troca:

  • Janete tem uma plantação de Mandioca e deseja beber Caldo de Cana;
  • Sr. Kaiser cultiva Cana de Açúcar, mas o Sr. Kaiser não deseja Mandioca, na verdade ele está construindo sua casa e precisa de um marceneiro para ajudá-lo;
  • Sr. Carvalho é marceneiro e quer Mandioca;
  • Para conseguir as Canas do Sr. Kaiser, Janete paga com Mandiocas o serviço de marcenaria do Sr. Carvalho, para que esse construa a casa do Sr. Kaiser.

Com esse exemplo entendemos que em vez de realizar uma única negociação, são necessárias duas ou mais, além disso que poderia ser difícil precificar o valor de algum bem/serviço, pois não existia uma unidade de conta de referência (Quantas horas de marcenaria valem uma Cana de Açúcar ou Mandioca?).

A adoção de um meio de troca de uso comum resolve esse problema.

Para esse meio de troca ser aceito, é necessário que ele seja escasso, ou seja, de difícil acesso.
Não daria para usar folhas de bananeira, pois qualquer um poderia imprimir retirar das arvores e usar como meio de troca, mesmo não tenha produzido nenhum bem/serviço.

Aliás, a confiança nesse meio de troca por ser escasso e de difícil obtenção, mantendo assim o valor atribuído à ele é o que chamamos de Lastro.

O uso de um meio de troca em comum (Dinheiro), também permitiu que os indivíduos pudessem se especializar naquilo em que realmente fossem bons:

— “Por exemplo, fabricar pregos — , você poderia agora ganhar a vida apenas fabricando pregos. Sem o dinheiro, alguém que passou o dia inteiro fabricando pregos teria de encontrar (a) alguém com comida em excesso que quisesse pregos, (b) alguém com abrigo sobrando que quisesse pregos, © alguém com excesso de roupas que também quisesse pregos naquele momento, e por aí vai.” (Peter Schiff).

Ao longo da história da humanidade, diversos materiais foram usados como forma de dinheiro por possuírem propriedades intrínsecas como entesouramento, difícil falsificação, escassez, divisibilidade, facilidade de transporte.
Exemplo: Gado, Sal, Ouro, Pau-Brasil, Papel Moeda até chegarmos nas nossas atuais Moedas Fiduciárias (Real, Dólar, Euro e etc).

Entendendo que Dinheiro é qualquer Bem que possa ser usado como meio de troca, podemos responder a pergunta, Bitcoin é Dinheiro?
Sim, Bitcoin é Dinheiro, pois suas propriedades intrínsecas permitem que ele seja usado como tal:

  • Infinitamente Divisível;
  • Genuinamente Escasso;
  • Matematicamente impossível de ser falsificado;
  • Facilmente armazenado, transportado e transferido;
  • Infinitamente Durável;

A internet foi uma evolução natural da forma de como nos comunicamos, o Bitcoin é a evolução natural do dinheiro e como podemos otimizar nossas relações de trocas.


#2

Olá Criptomaníacos,
SilvioCarlos,
O debate sobre bitcoin ser ou não dinheiro é desafiador. Inicialmente eu pensava desta forma, ou seja, que bitcoin tem características iguais aos das moedas “oficiais”. Com o passar do tempo passei a considerar a possibilidade do bitcoin ser mais do que dinheiro digital, como o definiu o seu próprio criador no White Paper do bitcoin. Hoje eu penso que o bitcoin tem tudo para ser o dinheiro da internet, mas também avalio um potencial para que ele se torne um ativo financeiro. Neste sentido faço distinção entre uma moeda “oficial” (exemplo = Real, como meio de pagamento) e um ativo financeiro (CDB, como instrumento de renda e reserva de valor). O bitcoin pode ser usado como meio de pagamento ou como ativo financeiro. O tempo dirá qual será o melhor destino. Ou melhor, o mercado vai endereçar para onde irá o bitcoin.
Mas, de qualquer forma, para não ficar somente na teoria, vamos ao mundo real. No aeroporto internacional de Brisbane (Austrália) já é possível comprar Bitcoin num caixa eletrônico da Travelbybit que foi recém-inaugurado por lá.


Aliás, quem tem bitcoin não passa fome nem dorme ao relento conforme lista de empresas que aceitam bitcoin por lá.

Abraço.

#3

Boa @Cecilio!
Concordo com você.

Só gostaria de pontuar, que quando uso a palavra Dinheiro, me refiro à forma como representamos riqueza/valor.
O que temos hoje são diversas formas de Dinheiro: Moedas Fiduciárias, Ativos Financeiros, Pontos em Programas de Recompensa, Ouro, Figurinha Cromo do Álbum da Copa.

O Bitcoin é só mais uma forma de Dinheiro que criamos, mas é também a melhor forma de Dinheiro que já criamos.


#4

Silvio,
Estava pensando nisso ao escrever uma resposta no tópico sobre o BRLT (Tether Real) aqui no fórum!. Além dos exemplos que você citou ainda temos os Tickets (refeição e alimentação), Vales (transporte e combustível) e houve um tempo aqui em SP que até balas (doces, é bom ressaltar) foram usadas como troco devido a falta das moedas de metal e quando os tickets eram emitidos em papel a diferença a maior era devolvido em contra-vale. São formas diferentes de pagamento que não são exatamente dinheiro.
Valeu e abraço.