Ataque aos nós parity na rede do Ethereum

Parece que um ataque está acontecendo na rede do ethereum, mais direcionado aos nodes parity:

A rede em si não foi afetada, mas alguns nós paravam de sincronizar novos blocos quando recebiam um bloco especificamente modificado de forma maliciosa para enganar o nó e fazê-lo invalidar um bloco que tinha um hash válido.

Foi disponibilizada uma nova versão com a correção. Sempre é importante lembrar que todo software tem bugs, e essa é a importância de se ter diversas implementações do mesmo protocolo (isto vale para Bitcoin também). Apesar do Parity ter sido afetado, outras implementações continuaram sincronizando normalmente, pois fazem esta verificação de forma diferente.

O cliente nethermind também foi afetado, e até o momento que escrevo, o cliente encontra-se travado:

https://ethernodes.org/muir_glacier

1 Curtida

Se por um lado “rodar” um nó “caseiro” de uma rede como Bitcoin ou Ethereum não é tão difícil por outro lado me parece que também pode ser um local mais vulnerável. E vem outro upgrade logo no dia 01 de 2020 no Ethereum. O consenso via PoS vem por aí numa rede grande e complexa como é a do Ethereum. Quero ver como isso vai funcionar, espero que funcione bem. Parity foi rápido na solução enquanto Nethermind está sem sincronizar por mais de 13 horas. Esse tipo de situação põe à prova o conceito de consenso na rede e o predomínio dos honestos em cima dos desonestos sem necessidade de uma autoridade intervindo.

1 Curtida

Estou curioso para ver o ETH2.0. Realmente é bem mais complexo do que o atual.
Nem tive tempo de analisar com calma ainda.

Eu confesso que, como programador, Ethereum é a minha shitcoin favorita, mas a forma como estes hard forks são decididos e feitos é bem complicada na minha opinião. Eu encaro o Ethereum como um projeto piloto de algo maior e entendo que é muito difícil desenvolver algo rápido e manter tudo descentralizado ao mesmo tempo. Torço para que consigam atingir o objetivo inicial do projeto, e que as pessoas que colocam dinheiro nisso entendam os riscos.

1 Curtida