Falta de privacidade no Bitcoin

#1

Poucas pessoas percebem o problema que é a falta de privacidade no Bitcoin. Se você fizer um pagamento para alguém usando a Ledger ou Trezor, essa pessoa será capaz de ver quantos Bitcoins você tem armazenado nela.

Vocês acham que uma moeda assim é viável?

#2

Você pode usar uma conta secundária para realizar as suas transações, procurando deixar as suas carteiras principais apenas para transações entre suas próprias carteiras. Pelo menos é assim que faço. Sei que não é o melhor dos mundos, mas já dá uma amenizada.

Obs: Sei que mesmo assim é possível identificar as carteiras principais.

1 Like
#3

O próprio Satoshi já alertava que utilizar o mesmo endereço era um problema de privacidade:

https://bitcointalk.org/index.php?topic=8.msg34#msg34

Não sei como funcionam essas hard wallets, mas se usam um seed para derivar endereços, é praticamente certeza que usam diferentes endereços gerados a partir de um mesmo root, e desta forma a privacidade do usuário é preservada sem que ele precise armazenar diversas chaves privadas. Basta gerar um novo endereço para cada recebimento.

Claro que ao assinar e fazer broadcast de uma transação com inputs vindos de diferentes endereços é possível cruzar a informação de quais endereços pertencem a mesma pessoa, mas quanto mais fragmentado estiver o saldo total, menos chances existem de detectarem o quanto uma certa pessoa detém.

Então se a idéia é manter a privacidade, nunca reutilize o mesmo endereço.

1 Like
#4

já ia responder o que responderam, DIVIDA seu saldo em pelo menos 3 carteiras SE for só holdar e se for usar DIVIDA em MAIS carteiras e faça como disseram.

Não existe nada perfeito :slight_smile:

Para mais privacidade, a Lightning Network do bitcoin vai proporcionar isto nas transações .

Pois as transações da Lightning Network funcionam em cima do modelo TOR.

#5

Existem formas de se lidar com isso como por exemplo a tecnologia do cryptonote.