Bitcoin não é um ativo financeiro! entendam isso


#1

Dizer que o Bitcoin é um ativo financeiro é o mesmo que dizer que um carro são suas rodas ou apenas o motor, o carro é todo o conjunto de peças que o compõem.
Assim, Bitcoin definitivamente não é um ativo financeiro porque ele “pode mais”, ele é mais que um simples ativo financeiro.
Ninguém previu sua criação, nenhuma definição pode ser imaginada sem essa previsão.
No âmbito jurídico temos um termo apropriado para esse caso, chama-se “sui generis” https://pt.wikipedia.org/wiki/Sui_generis um caso clássico de emprego desse termo é a própria Ordem dos Advogados do Brasil, ela é uma entidade sui generis.
Nesse sentido, Bitcoin é ele próprio, a própria coisa, ou no máximo difundido como CryptoMoeda (CrytoCurrency), termo criado para abranger toda sua estrutura.


#2

Interessante! Eu não conhecia o termo, mas parece se aplicar ao caso realmente.

Eu costumo dizer que Bitcoin é praticamente um ornitorrinco. A mistura de um monte de coisas que deu origem a algo totalmente novo, e por isso é tão difícil de se comparar com algo já existente, ou classificá-lo adequadamente.


#3

Boa definição!

Semana passada, fiz esse texto, que segue a mesma linha de pensamento:

Bitcoin é Moeda?

Provavelmente, o que você mais deve ler/escutar sobre Bitcoin é que ele é uma moeda virtual, pois você pode realizar transações.
Entretanto, atribui-lo como moeda é limitar às possibilidades que suas propriedades intrínsecas possuem.

Aswath Damodaran, um dos Gurus de Valuation, possui 4 prismas para classificar um investimento: Moeda, Ativo, Commodity, Colecionável.
Olhando para essas classificações é fácil reconhece-las no Bitcoin:

  • Moeda: É um instrumento de troca, Reserva de Valor;
  • Ativo: Não possui um passivo, é o próprio bem, um ativo em si mesmo.
  • Commodity: Possui outros usos, que não somente um bem monetário (Ex. Uso para Registro de Ativos);
  • Colecionável: É escasso, não pode ser valorado, apesar poder ser precificado.

O consenso que está se tornando mais aceito, não é encaixá-lo em uma classificação existente e que ele pode ser considerado uma nova classe ativo financeiro.
É o primeiro experimento de material digital genuinamente escasso, que não possui um órgão gerenciador e que o incentivo de quem segue as regras é maior dos quem não às seguem.